Projeto Verão no Clima

07/01/2018 Twunay
 


 

Na última quinta-feira, dia 04 de janeiro, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (SMA) lançou o projeto'Verão no Clima 2018', na praia do José Menino, em Santos. A ação se estenderá por 27 dias em mais de 60 praias de 16 municípios do litoral paulista,conscientizando os turistas e população local a manterem as praias limpas. Estão programadas diversas atividades, como mutirões de limpeza, corridas, caminhadas, tendas temáticas e abordagens, por meio de monitores ambientais,com o objetivo de conscientizar e esclarecer a todos sobre hábitos corretos de descarte e redução de resíduos. Nos primeiros quatro dias de campanha foram realizadas atividades nas praias de Santos (Gonzaga, Boqueirão, Embaré, Aparecida e José Menino), São Vicente (Itararé), Praia Grande (Boqueirão e Cidade Ocian),Bertioga (Boraceia e Enseada), Guarujá (Tombo, Pitangueiras, Astúrias e Manguedo Perequê), Cubatão (Parque do Perequê), Peruíbe (Costão e Ribamar), Mongaguá (Centro e Agenor de Campos), Itanhaém (Centro e Gaivotas), Cananeia (Beira Mare Pereirinha -Ilha do Cardoso), Iguape (Centro, Barra do Ribeira e Balsa), SãoSebastião (Cigarras, Maresias e Juquehy), Caraguatatuba (Martin de Sá e Cocanha), Ubatuba (Picinguaba, Maranduba e Enseada) e Ilhabela (Perequê e Curral). Mais de 350 monitores e cerca de 1.500 voluntários estarão diretamente envolvidos nas atividades de educação ambiental que visa promover uma mudança de comportamento nas pessoas em relação aos cuidados ambientais com as praias ecom o meio ambiente.

No projeto deste verão, o grande diferencial será a introdução do tópico mudanças climáticas e a chamada'pegada de carbono', que mede a quantidade total das emissões de gases doefeito estufa (GEE) causadas direta e indiretamente por uma pessoa,organização, evento ou produto. O tema está presente na concepção da operação,idealizada com a preocupação de reduzir as emissões de GEE, tanto na logísticade transporte, como na confecção de material de apoio. Este ano, por exemplo,não haverá a distribuição de sacolas de plástico nas praias para o acondicionamento de lixo. O projeto foi criado pela SMA, com apoio da Companhia  Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) e Fundação Florestal, e parceria das prefeituras municipais e entidades não governamentais (ONGs). Foi feito um'Chamamento Público'e a Agência Mercado Jovem foi a vencedora; foi estabelecido um convênio com o patrocinador, tendo a Heineken como o principal deles.

 

Fonte: Secretaria Estadual do Meio Ambiente